19 de novembro

1ª Virada Cultural agita São Paulo

Maratona artística transforma a cidade em palco acessível a todos os públicos

A prefeitura de São Paulo promove a Virada Cultural, um encontro de milhares de artistas com os mais diversos públicos. Durante 24 horas ininterruptas, a cidade é palco para cerca de 250 atrações, que incluem shows musicais, concertos, peças de teatro, espetáculos de dança, saraus literários e festivais gastronômicos, na maioria gratuitas.

Museus e diversos outros espaços culturais permaneceram abertos madrugada adentro, alguns com visitas guiadas. Apesar da chuva que caiu algumas vezes, muitas das apresentações ocorreram em locais abertos, como ruas, praças, calçadas.

Ainda que o Centro tenha aglutinado grande parte das atrações, a programação se estendeu por mais de 100 pontos, espalhados por todas as regiões da cidade.

A Virada Cultural significou a democratização do acesso às artes, ao privilegiar os espaços públicos e levar a programação às regiões periféricas.

Com o sucesso da primeira edição, a Virada Cultural aconteceria todo ano, cada vez com mais atrações e público — porém em maio, que é menos sujeito a chuvas.