11 de abril

Castelo se impõe a Congresso mutilado

Primeiro general presidente da ditadura era o interlocutor dos EUA antes do golpe

Dois dias depois do Ato Institucional e da cassação de 40 parlamentares, o general Humberto de Alencar Castelo Branco é eleito presidente da República em votação indireta no Congresso Nacional. Candidato único, obteve 361 votos contra 72 abstenções, tornando-se o primeiro dos cinco generais presidentes em 21 anos de ditadura.

O presidente da Câmara, Ranieri Mazzilli, que exercia formalmente a Presidência da República desde a deposição de Goulart e era tutelado pelos ministros militares, transmitiu-lhe o cargo no dia 15 de abril.

Nos anos que precederam o golpe, o general Castelo Branco foi o principal interlocutor militar do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Lincoln Gordon. Conspirador discreto, foi chefe do Estado Maior do Exército no governo Goulart. Os três membros do Comando Supremo da Revolução mantiveram-se nos ministérios militares.