14 de março

Centrais se unem contra o arrocho

Greve geral de dois dias tem apoio da população, mas acaba sem conquistas

A Central Única de Trabalhadores (CUT) e a Central Geral dos Trabalhadores (CGT) deixam suas divergências de lado e fazem uma greve geral nos dias 14 e 15 de março. O objetivo da paralisação foi o de protestar contra as perdas salariais e a desaceleração da economia provocadas pelo Plano Verão.

As centrais queriam forçar o governo e os patrões a reverem os mecanismos de correção salarial.  A paralisação alcançou relativo êxito e recebeu forte apoio da população, mas nenhuma concessão foi feita pelo governo.