19 de maio

PF deflagra a 'Operação Vampiro'

Ação desmantela esquema que desviava verbas de remédios desde os anos 1990

A Polícia Federal deflagra a Operação Vampiro, com o objetivo de desmantelar quadrilha que vem atuando desde 1990 em fraudes contra o Ministério da Saúde na compra de medicamentos, em sua maioria na área de hemoderivados.

Nessa primeira fase da operação, foram expedidos 17 mandados de prisão, e nove funcionários do ministério foram afastados. Também foram expedidas 42 ordens judiciais de busca e apreensão de documentos e computadores em quatro capitais — Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. A partir dessa ação, a Procuradoria da República ofereceria denúncia contra 33 pessoas envolvidas na “máfia dos vampiros”.

As investigações começaram em março de 2003, a pedido do então ministro da Saúde, Humberto Costa. Mais de R$ 2,3 bilhões teriam desviados nos 14 anos de duração do esquema, que manipulava compras mediante o pagamento de propinas.

Durante os anos de 2003 e 2004, a Polícia Federal, fortalecida institucionalmente e com autonomia investigativa, realizaria 66 operações. De 2003 a 2010, seriam realizadas 1.273 operações pelo órgão.