3 a 14 de junho

ECO-92 congrega o poder global no Rio

Conferência da ONU sobre o ambiente aprova Convenção da Biodiversidade

É realizada no Rio de Janeiro a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, a Eco-92, com a presença de líderes de mais de uma centena de países e cerca de 30 mil participantes. É a primeira reunião global de chefes de Estado e de governo para discutir os problemas ambientais do planeta. Seu principal objetivo é criar um código de conduta sobre meio ambiente que regule as relações entre os países.

Com uma extensa agenda, marcada por posições conflitantes, a conferência consagrou a Convenção da Biodiversidade, que prevê a regulação da transferência de tecnologia dos países mais ricos para os mais pobres que sejam detentores de abundantes recursos naturais. Foi também aprovada a Declaração pelo Desenvolvimento Sustentável, recomendando o exercício do progresso econômico associado à responsabilidade ambiental.

Desde os preparativos da Eco-92, a posição dos Estados Unidos foi a de tentar subordinar os propósitos da conferência a seus interesses. A maior potência mundial decidiu não subscrever a Convenção da Biodiversidade.