15 de novembro

Eleitores resgatam a festa democrática

Brasileiros votam para a Assembleia Constituinte e elegem governadores

Na primeira grande eleição após o fim da ditadura, 70 milhões de brasileiros elegem os governadores de 23 Estados, além de 487 deputados federais e 49 senadores com poderes para elaborarem uma nova Constituição para o país. O Congresso Nacional seria empossado em 1° de fevereiro do ano seguinte.

Embora o Plano Cruzado já enfrentasse sérios problemas, como o desabastecimento, seus efeitos benéficos sobre a renda e o poder de compra dos assalariados contribuíram decisivamente para a estrondosa vitória do PMDB. O partido também se beneficiou do fato de ter desempenhado papel decisivo na redemocratização. A legenda fez 22 dos 23 governadores e a maioria absoluta dos senadores, deputados federais e estaduais. Depois desse pleito, nenhum partido teria mais a maioria dos integrantes das duas Casas do Congresso Nacional ao mesmo tempo.

O PFL, aliado do PMDB na transição, teve eleito apenas um governador, o de Sergipe. Pela primeira vez na história, os eleitores do Distrito Federal votaram em sua representação parlamentar. Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o candidato à Câmara dos Deputados como maior número de votos em todo o país.