27 de agosto

Estudantes recriam entidades estaduais

Reconstrução das UEEs é mais um passo em direção ao resgate da UNE

Estudantes paulistas recriam a União Estadual dos Estudantes (UEE), tornada ilegal em novembro de 1964 pela Lei Suplicy. O exemplo de São Paulo é seguido em outros Estados. A reconstrução das entidades foi uma das muitas demonstrações do renascimento do movimento estudantil no ano de 1977.

Os estudantes haviam realizado nos últimos meses três edições do Dia Nacional de Luta, que mobilizaram também militantes de esquerda e representantes de outros movimentos que defendiam o fim da ditadura. Os jovens se manifestaram nos dias 19 de maio, 15 de junho e 23 de agosto, em diversas capitais, exigindo o fim das prisões, dos atos de exceção, das leis repressivas e reclamando liberdades políticas e democracia.

As manifestações, com a participação de milhares de pessoas, foram duramente reprimidas pelo regime. Estudantes e trabalhadores foram presos e enquadrados na Lei de Segurança Nacional – essas prisões, entretanto, dariam mais força ao movimento estudantil.