22 de agosto

Foguete explode no MA: 21 morrem

Ignição prematura causa acidente em base aeroespacial de Alcântara

Uma tragédia choca o Brasil e atinge o Programa Espacial Brasileiro. Às 13h26m, no Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, o Veículo Lançador de Satélites (VLS) de 21 metros é acionado acidentalmente antes da hora. Com a ignição prematura, a torre de lançamento acaba explodindo, matando 21 pessoas que trabalhavam no local. As chamas consomem 40 toneladas de combustível.

Investigação feita pela Aeronáutica concluiria que o acionamento fora de hora de um dos motores do VLS fora causado por uma peça que ligava o motor, mas descartaria as possibilidades de sabotagem, falha humana ou interferência meteorológica.

O VLS deveria ter sido o primeiro foguete de tecnologia brasileira a ser lançado ao espaço. O acidente causou prejuízos da ordem de R$ 100 milhões e apontou para a necessidade de modernização da plataforma e do programa espacial brasileiro.

Numa cerimônia que teve a presença do presidente da República, as vítimas da explosão foram enterradas com honras militares. Suas famílias receberiam indenização de R$ 100 mil cada, além de pensão mensal proporcional ao salário recebido.