18 de janeiro

Grupo tortura e mata Celso Daniel

Prefeito de Santo André (SP) é sequestrado e morto por bandidos

O prefeito de Santo André (SP), Celso Daniel, do PT, é sequestrado na zona sul de São Paulo. Ele e o ex-segurança Sérgio Gomes da Silva tinham saído de uma churrascaria na região dos Jardins, em São Paulo, quando o veículo em que estavam foi perseguido e cercado por criminosos. O prefeito foi retirado do carro e levado para outro. Seu corpo apareceria dois dias depois, com marcas de tortura e tiros, em uma estrada próxima à rodovia Régis Bittencourt. As investigações oficiais não foram conclusivas.

Os familiares afirmam que o crime foi político, devido a um suposto esquema de desvios de recursos de prefeituras para financiamento de campanhas. A Polícia Civil, contudo, defende que os criminosos confundiram o prefeito com um comerciante, que seria alvo de um sequestro.

Na época, o crime também foi associado ao assassinato do prefeito de Campinas, Toninho do PT, ocorrido em dezembro do ano anterior, e suspeitou-se de perseguição a petistas.