15 de março

Nasce a Cinédia: sim, nós temos cinema!

Ademar Gonzaga inaugura no Rio o primeiro estúdio brasileiro

O jornalista carioca Ademar Gonzaga inaugura a Cinédia, primeiro estúdio cinematográfico do país, com a intenção de produzir filmes com o mesmo alto padrão dos norte-americanos. O título do primeiro filme já está definido: será "Lábios sem Beijos", dirigido pelo mineiro Humberto Mauro e protagonizado por Lelita Rosa e Paulo Morano.

Ademar sempre foi amante do cinema, tanto é que havia criado (com o crítico Mário Behring) a revista "Cinearte". Depois de visitar grandes estúdios de Hollywood, resolveu dar um passo ousado e fundar nossa própria companhia cinematográfica. A diferença era que a Cinédia pretendia aproveitar o que temos de original: nossas belas paisagens, nosso jeito de ser, nossa musicalidade.

À revista "A Ordem", Gonzaga declarou: “A minha empresa foi fundada para edificar o verdadeiro cinema brasileiro. Ela foi lançada exclusivamente com o nosso esforço e nossos capitais. Vamos mostrar que podemos criar uma arte nossa nova e legítima, capaz de transformar o sorriso dos pessimistas num grito de entusiasmo”.