26 de outubro

Siglas governistas crescem nas cidades

Legendas da base aliada federal saem fortalecidas das eleições municipais

Eleições municipais confirmam a tendência de crescimento dos partidos da base do governo federal: o número de prefeituras sob comando do PT cresce 36,1%, de 2004 para 2008, passando de 410 para 558. Em números absolutos, a base aliada do governo administrará 72% do eleitorado, sendo o PT a legenda com mais municípios acima de 200 mil habitantes.

O PSB teve o maior crescimento no número de prefeitos: 80,46%, saltando de 174 para 314. O PMDB, que já era o partido a comandar mais municípios em 2004, continuou crescendo: de 1.060, passou para 1.207 prefeituras.

Enquanto os partidos da base aliada cresciam, DEM e PSDB, principais partidos de oposição, viam cair o número de prefeituras sob seu comando. O Democratas perdeu 293 municípios (36,9%) de 2004 para 2008, elegendo 501 prefeitos. O PSDB teve queda de 9,43%, conquistando 788 municípios, 82 a menos que em 2004.

Mesmo com esses números, porém, o PSDB continuou sendo a segunda legenda com mais prefeituras, e o DEM conseguiu se manter no comando da prefeitura de São Paulo.

As eleições de 2008 também marcaram leve retração na participação feminina em cargos eletivos, fato que vinha se verificando desde 2000: menos 0,72% mulheres entre os prefeitos eleitos.