17 de agosto

Petrobras obtém lucro recorde

Alta do preço do barril e maior volume de vendas impulsionam desempenho

Petrobras acumula lucro líquido consolidado de R$ 16,021 bilhões no primeiro semestre do ano, valor 11% superior ao mesmo período do ano anterior. É o maior lucro líquido consolidado de uma empresa brasileira até hoje.

O lucro foi impulsionado pelo aumento do preço médio do barril de petróleo e pelo maior volume de vendas. A produção de petróleo e gás subiu 3% em relação ao primeiro semestre de 2009, atingindo produção diária de 2,033 milhões de barris — um recorde. Os investimentos também aumentaram, totalizando R$ 38,1 bilhões.

A Petrobras era a maior empresa brasileira em valor de mercado. Em 2010, o processo de capitalização da companhia seria o maior da história mundial, captando R$ 120 bilhões.

A estatal contava, em 2010, com mais de 80 mil funcionários e reservas provadas de 15,99 bilhões de barris de petróleo e gás natural, incluindo as do pré-sal. O indicador de reservas provadas mostra o volume de petróleo e gás economicamente viável que uma petroleira tem sob sua concessão.

Em 2016, estimativas do Instituto Nacional de Óleo e Gás da Universidade do Rio de Janeiro (Uerj) apontariam para 176 bilhões de barris as reservas de petróleo e gás não descobertos e recuperáveis no Brasil, englobando toda a área do pré-sal.