30 de novembro

PMDB dá apoio formal ao governo

Aliança garante governabilidade e maioria na Câmara dos Deputados

No final de novembro de 2006, o Conselho Nacional do PMDB aprova participação do partido no governo de coalizão do segundo mandato do presidente Lula. Com a decisão, o PMDB adere em bloco ao governo e não apenas em parte, como no primeiro mandato de Lula. 

Com a aliança com o PMDB, o governo garantiria ampla maioria na Câmara dos Deputados e fortaleceria a base de apoio no Senado. Os peemedebistas veriam crescer sua representação no primeiro escalão do governo, passando a ocupar seis ministérios: Transportes, Integração Nacional, Comunicações, Saúde, Relações Exteriores e Agricultura.