Dezembro

Rap mostra a força de sua linguagem

Estouram as vendas de 'Sobrevivendo no Inferno', dos Racionais MC's

O grupo de rap Racionais MC’s lança um dos discos mais importantes do gênero no Brasil, “Sobrevivendo no Inferno”. A obra ganha projeção nacional pelo teor crítico das canções, que tratam de desigualdades sociais, miséria, criminalidade e racismo.

As letras de Mano Brown e Edy Rock esbanjam criatividade e poesia, sem amenizar a realidade cruel que apresentam. Ao se referir a um viciado em crack, por exemplo, Mano Brown constrói a metáfora “tragando a morte, soprando a vida por alto”.

Uma das canções mais famosas do disco refere-se ao massacre do Carandiru e foi baseada no diário do ex-detento Jocenir — apelido de Josemir Prado, que escreveu “Diário de um Detento: o Livro”. A música descreve a dura realidade das cadeias brasileiras e convida a uma reflexão sobre a maneira como o “ser humano é descartável no Brasil” e sobre o silêncio conveniente da sociedade em relação à violência social.