2 de fevereiro

URSS triunfa sobre nazistas em Stalingrado

Alemães se rendem, e batalha decisiva da Segunda Guerra termina com vitória soviética

Chega ao fim uma das mais terríveis batalhas da 2ª Guerra Mundial: os alemães são fragorosamente derrotados em Stalingrado. Hitler, que sonhava vencer a União Soviética numa guerra relâmpago, como na ocupação da França em 1940, não contava com a aguerrida resistência soviética e com as baixíssimas temperaturas do inverno russo, que minaram a combatividade das tropas alemãs.

Stalingrado, importante entroncamento fluvial e ferroviário, fica nas margens do rio Volga, ligando a Moscou as regiões minerais e petrolíferas do Cáucaso. A batalha de Stalingrado começou em 17 de julho de 1942 e foi duríssima — calcula-se que tenha tirado a vida de dois milhões de pessoas, entre soldados e civis. Os últimos combates foram travados dentro da cidade, casa por casa, corpo a corpo.

Entre 10 de janeiro e 2 de fevereiro, as tropas soviéticas fizeram o ataque final, que terminou com a rendição incondicional de quase 100 mil soldados alemães. Essa foi a maior derrota militar do exército alemão de todos os tempos. O mundo inteiro acompanhou com entusiasmo a luta dos russos.

A vitória dos soviéticos em Stalingrado marcaria a virada na 2ª Grande Guerra e o início da derrocada da Alemanha nazista. A partir de então, a URSS determinaria o rumo do conflito. Acossados, os alemães foram sendo empurrados cada vez mais para longe da União Soviética.

Em abril de 1945, o Exército Vermelho entraria em Berlim.