4 de dezembro

Venezuela reelege Hugo Chávez

Com 62,84% dos votos, líder garante 3º mandato sob forte oposição das elites

Hugo Chávez é eleito presidente da Venezuela pela terceira vez, com 62,84% dos votos, à frente de Manuel Rosales, candidato da oposição, com 36,9%.

Chávez se elegera pela primeira vez em 1998 e fora reeleito em 2000, nas eleições gerais convocadas pela nova Constituição venezuelana. Em 2002, fora destituído do poder por dois dias, durante um golpe de Estado malsucedido.

Chávez aprofundaria seu papel como uma das principais lideranças regionais da esquerda latino-americana, com destaque para a política externa de contraposição ao governo norte-americano e a resistência à Alca (Associação de Livre-Comércio das Américas), proposta por Washington.

Seus mandatos sofreriam forte oposição das elites, mas teriam amplo apoio popular, graças às políticas de distribuição de renda e redução da pobreza.

Hugo Chávez ainda seria reeleito para um quarto mandato em 2012, mas morreria já empossado, vítima de câncer, no dia 5 de março de 2013. O vice-presidente, Nicolás Maduro, seria eleito para substituí-lo e governar até 2019, conforme a Constituição.